Jenipapo cai de maduro

Uma expressão que é verdadeira 🙂 Fruto que bem poucos conhecem, mas para a minha memória afetiva é componente importante! Tem um paladar único. Tem um cheiro forte e atrai a atenção e o apetite com um forte perfume frutado de maçãs, ameixas ou marmelos.

0 Jenipapo possui um elevado conteúdo de ferro. Por isso, é aconselhável um grande uso dessa rubiácea. Também possui cálcio, hidratos de carbono, calorias, gorduras, água, e às vitaminas B1, B2, B5 e C.

O jenipapo, à primeira prova, muita gente estranha a combinação  do cheiro ácido com o perfumado e falta de doçura na fruta in natura, mas diante de uma travessa de jenipapada – fatias da fruta descascada, sem pele e sem sementes, apenas polvilhadas com açúcar, ninguém se contenta com pouco. É viciante, já adianto. O aroma indesejado é imediatamente trancafiado em outro compartimento, sendo superado por substâncias voláteis florais e frutadas das mais agradáveis.

Jenipapo pra tingir pele de preto ou comida de azul tem que ser imaturo, ainda duro, mas a fruta para comer, fazer doce, bolinha, passa ou licor, tem que cair de maduro. Geralmente é colhida embaixo das árvores e, mesmo com a queda, amassa mas não quebra. Por esta característica, não é um fruto que atrai pela aparência na banca de frutas. Você passa, sente um perfume frutado delicioso e quando vai ver de onde vem se depara com um saco, bacia ou balde cheios de frutos amarronzados e amassados. É difícil acreditar que não estejam passados, apodrecidos.

Só com a intimidade é que vamos desmontando os mitos. A polpa tem uma membrana fina aderida, facilmente removível com um descascador de legumes, e realmente cede à pressão quando a apertamos, mas o que amassa é o miolo com as sementes, pois a polpa com cerca de 1 centímetro de espessura tem consistência macia, mas resistente como uma borracha.  E é incrível como um fruto assim pode ser resistente. Fora da geladeira, sem se desintegrar, pode durar dias. Na geladeira, até um ano resiste sem perder a dignidade.

Todas as partes do jenipapeiro são muito usados na medicina popular contra males diversos – tosse, anemia, contusões, luxações entre outros -, por isto a planta Genipa americana é uma espécie amplamente estudada e os componentes dos frutos já tiveram atividade antibiótica comprovada em testes in vitro contra várias espécies de bactérias. Talvez isto explique a longa vida de prateleira que o jenipapo exibe. Ele mumifica mas não estraga – a não ser que esteja com ferimentos na casca e isto pode ser um caminho para a deterioração.

Assim como o café, o jenipapo pertence à família das Rubiáceas e não é exclusividade brasileira, já que está amplamente distribuída por todas as áreas tropicais e subtropicais da América Latina. Entre nós, podemos encontrá-lo da Amazônia a São Paulo. No Nordeste é comum e alguns preparos são populares especialmente na Bahia. No Recôncavo, por exemplo, são famosas as bolinhas de jenipapo – a polpa sem pele e sem sementes passada em máquina de moer e cozida com açúcar até o ponto de enrolar, quando deve estar bem escura. Passadas em açúcar, estas bolinhas são tentações disputadas nos mercados. E o São João na Bahia não é festa se não tem licor de jenipapo. Sem contar os refrescos que podem ser feitos deixando o miolo da fruta na água para soltar a mucilagem que envolve as sementes – estas costumam ser descartadas apesar do intrigante sabor apimentado quando mordidas.

A fruta crua, fatiada e polvilhada com açúcar

Bolinhas de jenipapo

Crédito: come-se

Anúncios

Maquiagem: Saiba quais são os erros mais comuns e como evitá-los

A maquiagem tem a finalidade de nos deixar mais bonitas, com aparência glamourosa, mas nem sempre isso acontece, quando não se evita alguns errinhos até mesmo por falta de prática!

Achei esse artigo muito interessante, pois reúne tudo num só lugar, publicado pela revista Glamour, por Felipe Gomes.

BASE Foto: revista Glamour

1 Base
Um dos grandes erros é a escolha da cor, relacionando o tom da pele com o da base. “Tanto as pessoas com a pele muito clara, como as com a pele escura possuem dificuldades para encontrar produtos que sejam compatíveis com a tonalidade de cada um”, conta a maquiadora Kátia Freire; “O que mais acontece: as pessoas bem claras ficarem, ou amarelas, ou rosadas, e as pessoas com a pele mais escuras ficarem acinzentadas ou avermelhadas.”

Outro grande problema é que as pessoas testam as bases diretamente no rosto, sem comparar com o colo. Alerta: O uso do protetor solar deixa a pele mais clara do que realmente é, o que acaba alterando o resultado final da base. “Ao escolher o produto, teste sempre no colo e pescoço. A cor precisa meio que ‘desaparecer’. Quando ela não se destacar do seu tom de pele, esse é o seu tom”, explica Kátia.

CORRETIVO (Foto: Thinkstock)

2 Corretivo
Aqui é 8 ou 80. O corretivo pode salvar, mas ao mesmo tempo pode destruir completamente sua maquiagem. “Muita gente acha que, para cobrir uma olheira escura, precisa do corretivo mais claro, achando que o pigmento tem o poder de disfarçar uma ‘mancha’. Ao contrário do que as pessoas imaginam, não é”, alerta Kátia. O corretivo deve ser exatamente do tom da sua pele, ou até um mais claro. É ideal que se tenha dois tons de corretivo para que você faça uma mistura e consiga chegar exatamente na cor ideal. Você também pode usar os corretivos coloridos, que tem a função de neutralizar as olheiras. “As pessoas têm que entender que o tom do produto precisa ser o mais próximo da sua pele. Com uma cor mais clara, você só vai conseguir mais destaque para essa região e o famoso ‘panda invertido'”.

Para fazer certo: Você não precisa fazer aquele “V”, que deixa corretivo próximo a bochecha. Isso faz parte de técnica de contorno e não tem nada a ver com esconder olheiras. Para facilitar na hora de achar o tom ideal, coloque algumas gotas no dorso na mão com o dedo anelar, que não tem muita força, pegue o produto e vá dando leves batidinhas desde o canto interno – que é onde normlamente a olheira está concentrada – e vá levando para o externo.

SOBRANCELHA Foto: Revista Glamour

3 Sobrancelha
“O indicado é você fazer um leve sombreamento, que deve ser feito com um bom lápis de sobrancelha, ou com um duo de sombras”, conta a maquiadora. “É muito bom que esses produtos sejam próprio para as pestanas, porque elas já possuem um pigmento mais acinzentado, que é o que deixa os pelos mais naturais.”

Outra dica é respeitar o desenho natural da sua sobrancelha. Nada impede de você corrigir algumas falhas, mas mudar o formato é algo muito sério. “Quando você mexe nelas, você muda totalmente seu rosto e sua expressão”, conta Kátia.

Para não errar, primeiramente penteie os pelos da região. Corriga com um lápis apenas as falhas, se você tIver – pode ser com sombra para a região também. Depois, aplique uma máscara de cílios incolor para que os pelos fiquem no lugar.

BLUSH Foto: Divulgação

4. Blush
Muitas pessoas tem dificuldade em achar um blush que harmonize com seu tom de pele e acabam recorrendo a cor pink – resposta errada! Kátia ainda alerta quanto a fazer contorno com o produto, aplicando-o na diagonal, da bochecha a orelha, o que deixa o look artificial demais.
“Lembre-se: blush deve devolver o ar de saúde retirado pela base. Use o pincel, retire o excesso no dorso da mão e aplique-o em movimentos circulares e ascendentes. Começe pelo centro da maçã e espalhe bem para que ele não fique localizado”, explica.

SOMBRA Foto: Google

5 Sombra
Um dos grandes erros é que as pessoas acham que uma sombra discreta é uma sombra clara como bege, pérola, rosa claro ou branco. Nope! “O que acontece nesses casos é que as sombras claras evidenciam pálpebras caídas e gordinhas e as rugas, ou seja, a chance de errar é muito maior”, diz Katia. “Outro erro clássico são as sombras muito demarcadas, aquelas com junção de cores, mas que não há mescla entre si, parece um bloco. Normalmente a mais escura vem no canto externo do olho e as mais claras no interno.”

O truque certeiro é apostar sempre nas sombras em tons de marrom, porque elas são coringa e resultam em grandes efeitos. Já no caso das sombras blocadas, o ideal é que a divisão entre as cores fique esfumada e em degradê.

ILUMINADOR Foto: Imaxtree

6 Iluminador
Usar iluminador no lugar errado também é campeão de erro. Muitas mulheres uma grande quantidade do produto e não imaginam o efeito daquilo em fotos. “Você fica literalmente banhada de pigmento cintilante. A dica aqui é sempre aplicar com um pincel e antes de colocar na pele, bater o cabo no dorso da mão, ou até mesmo no ar, para que o excesso de pó saia das cerdas”, indica a profissional. Para não errar: ilumine maçãs do rosto, têmporas e canto interno dos olhos.

BATOM Foto: Google

7 Batom
Muitas vezes, tons de batons podem ser usadas de maneira equivocada. Se você tem o lábio muito fino e pequeno, evite cores escuras demais, o que deixa a boca muito menor. O mesmo vale para quem tem lábios mais volumosos: evite tons mais claros. “Se você você possui um tom de pele mais quente, aposte nos laranjas, vermelhos e rosas. Já se seu tom de pele for mais frio, use vinhos, marrons e vermelhos fechados”, entrega Kátia

 

10 idéias criativas para usar velhas janelas ou portas no jardim!

Muitas vezes o que nos falta é imaginação, mas a internet está aí para nos dá uma “mãozinha” com diversas inspirações e idéias. Eu, particuparmente, gosto muito de usar coisas velhas para decorar o jardim. Vou aos “yards sale” da vida caçando o que o povo não quer mais, então reciclo e uso, depende, posso usar também do jeito que está.

As janelas e portas velhas são ótimas para serem usadas de várias maneiras. Aqui estão algumas. Há várias maneiras de tirar o máximo partido do seu espaço sem gastar uma fortuna.

Sugestões com portas velhas, criando um espaço diferente e até uma mini-estufa

Suporte para ervas aromáticas

Uma janela virada servindo como moldura na parede para encaixar plantas.

Suporte para plantas decorativas

Um nincho de plantas em pleno jardim, pode ser uma estufa também.

Portas decorando espaço no jardim. Suporte para trepadeiras.

Uma bela moldura!

Outra sugestão…

Mais uma idéia…

Decorativa

 

 

14 Benefícios da Chlorella

Essas algas surgiram há mais de 2 bilhões de anos, são microscópicas e se desenvolvem em água doce (ph neutro).

De grande importância na oxigenação das células e no revigoramento do organismo, a chorella é conhecida como “a pílula do astronauta” – o que há mais moderno na ciência da alimentação.

A terapeuta ortobiomolecular, Kellen Calixto, da Clínica Haya, destaca: “Ela pode ser consumida em qualquer idade, sem restrições de uso”.

Confira os benefícios da Chlorella

1. Desintoxicação orgânica (inclusive de metais pesados como chumbo, mercúrio, alumínio e cádmio);

2. Regulação do ph sanguíneo e consequente aumento na oxigenação celular e intersticial, melhorando dores de cabeça, por exemplo;

3. Regulação da função do intestino, ajudando em casos de prisão de ventre e hemorroidas;

4. Melhora no metabolismo dos carboidratos, eliminando o cansaço e dando mais resistência;

5. Ajuda na eliminação de espinhas, acnes e alergias de forma geral;

6. Melhora nos problemas estomacais e favorecimento do balanceamento alimentar;

7. Melhora na circulação sanguínea, ajudando a remover o excesso de gorduras e normalizando o peso gradualmente;

8. Ajuda na prevenção de doenças degenerativas de ordem neurológica;

9. Amenização de efeitos colaterais de produtos alopáticos, como a quimioterapia;

10. Ajuda no tratamento da menopausa e suas consequências, como a osteoporose.

11. Quando consumida juntamente com a alimentação, minimiza fatores de intolerância alimentar.

Benefícios da Chlorella para crianças

No Japão, a Chlorella é utilizada na nutrição escolar como suplemento alimentar.

12. Melhora no desempenho mental das crianças;

13. Recalcificação de crianças que comem muito açúcar;

14. Auxílio no tratamento de crescimento retardado.

Fonte: vidaplenaebemestar

Inteligência Espiritual

Elementos para que se possa iniciar a fascinante aventura de se lapidar, de se conhecer e conhecer os outros. São conhecimentos que devem ser aplicados constantemente em nossa vida diária. Exige disciplina e determinação no desenvolvimento, mas os resultados compensam e nos despertam para novas realidades.

1-Alma (Contato com nossa Alma / Humildade)
O primeiro passo é se relacionar com seu Ser Interior, irradiar vitalidade interna. Trabalhar o seu autoreconhecimento, sua autoestima. Equilibrar cabeça / razão com coração / sentimentos. Nada lhe servirá se você não viver em contato com sua alma para desenvolver sua criatividade e sua humildade. Acreditar que merece ser belo e espiritual porque o Plenum Cósmico/ Deus o criou assim. Viver na gratidão, na alegria, na criatividade, na compaixão e ser feliz por sentir a fluência da sua alma.

2- Mente Negativa / Protetora (Desejo de Pertencer / Proteção)

O segundo passo é sentir grande satisfação em estabelecer relações com profundidade. É necessário desenvolver a sua mente protetora, a paciência e obedecer à sua própria voz interior, não atuando impulsivamente, movido pelo desejo de pertencer e agradar. É importante perceber com discernimento os riscos das situações, mantendo-­se centrado. Não fazer nada para agradar o outro que vá contra seus próprios princípios. Canalize seu desejo de estar ao lado de pessoas de consciência elevada, numa conexão de alma para alma, em relacionamento de amor/amizade/cumplicidade,onde você possa se sentir seguro. Proteger a si mesmo e ao outro com equilíbrio.

3-Mente Positiva / Projetiva (Positividade / Igualdade / Verdade)

O terceiro passo é trabalhar firmemente no desenvolvimento da mente positiva e projetiva. Ver o positivo, projetar Luz, Esperança e Humor. Saber elevar a si e ao outro. Sorrir! Ver o positivo nas pessoas, transmutando as sombras em Luz; eliminando a negatividade. Trabalhar a palavra na verdade, sem ilusões, sem manipulações. Usar o seu poder com equilíbrio.

4-Mente Meditativa / Neutra (Neutralidade / Equilíbrio / Compaixão)

O quarto passo é enxergar os acontecimentos da vida com uma atitude neutra, como uma experiência de aprendizado. Integrar em sua vida qualquer experiência mantendo a perspectiva que todo acontecimento vem para ensinar-­lhe algo, torná-­lo mais sábio. A mente neutra é a capacidade de escutar a mente protetora considerando os riscos de uma situação; escutar a mente positiva considerando os aspectos positivos, sem ilusões da situação e atuar com neutralidade e sabedoria para o interesse de todos. A mente neutra nos dá a habilidade de perceber as ilusões, escutar e ser guiado pelo Ser Superior. É necessário aprender a ver todos os eventos da vida com neutralidade, mantendo-­se sereno e confiante, sentindo os propósitos dos eventos.

5-Corpo Físico (Auto suficiência / Equilíbrio)

O quinto passo é aprender a se relacionar e manejar seu corpo físico e sua energia. Atingir a melhor capacidade que puder deste corpo porque existe um propósito, um trabalho que este corpo deve realizar. Desenvolver resistência, onde a organização da energia é efetiva. Viver sua vida em tal equilíbrio e harmonia compreendendo que cada parte da sua vida é sagrada. É ensinar a si mesmo e aos outros com seu exemplo de disciplina, dedicação com seu próprio modelo de ser. Significa também fazer alguns sacrifícios do seu tempo pessoal para benefício de outras pessoas.

6- Arco de Luz / Poder de Projeção (Proteção / Projeção / Justiça / Integridade)

O sexto passo é desenvolver um escudo de proteção contra a negatividade e desenvolver a capacidade de projetar para a vida os seus desejos e concretizá-­los.Este é o poder de criar sua própria realidade. Desenvolver um comportamento correto e manter sua palavra; ser consistente, coerente e constante. Trabalhar a ética, a honestidade consigo mesmo e com os outros; usar seus recursos com integridade. Quando este corpo está desenvolvido o Ser é forte, firme, pleno e brilhante, capaz de resolver qualquer situação através do domínio e da meditação.

7-Corpo Prânico (Pureza / Energia)

O sétimo passo é usar a respiração para entrar em contato com a infinita energia que está à nossa disposição todo o tempo. Vencer medos, sentir-­se protegido e íntegro. Abrir o coração e se expandir. Falta de Prana se revela em um estado crônico de fadiga e cansaço, afetando o funcionamento da mente (Protetora, Positiva e Neutra) e o Poder de Projeção ,de modo que a pessoa não tem forças para atrair os recursos que necessita, sempre tendo a sensação de escassez, de que algo lhe falta, de que não tem o suficiente. É imprescindível atrair experiências de abundância. A enfermidade ocorre quando o Prana não pode fluir livremente através do sistema. É necessário vencer o bloqueio para que o fluxo de energia possa ser restabelecido.

8-(Elevação / Segurança / Piedade / Misericórdia / Amor)

O oitavo passo é aceitar, amar e respeitar a si mesmo e a todos. Expandir a aura, aprender o sagrado do Ser. Levar em sua presença radiante e brilhante a compreensão, a Luz e o Amor. A aura é o campo eletromagnético que rodeia o corpo. Uma aura forte faz com que se sinta seguro, permitindo ser carinhoso e compassivo consigo mesmo e com os outros. Permite se sentir bem sozinho ou em grupo, porque desenvolveu sua auto­estima, sua segurança interior, não permitindo que as influências externas o afetem. O objetivo é fazer com que as pessoas se sintam elevadas em sua presença. Dedicar-­se a elevar a si mesmo e inspirar os que o rodeiam levando esperança no seu caminho.

9-Corpo Sutil (Serenidade / Conselheiro / Sutileza / Maestria)

O nono passo é desenvolver o corpo sutil que nos permite ver o panorama geral de uma situação; nos permite ver através das aparências. Ter a profunda compreensão do porquê dos acontecimentos; ter informações para entender as situações. Se o corpo sutil é desenvolvido o suficiente através dos procedimentos acima descritos, o mistério da vida será substituído pelo conhecimento, que leva à maestria, mantendo a serenidade e a compreensão, agindo com sutileza, calma e sabedoria em qualquer situação.

10-Corpo Radiante (Coragem / Magnetismo / Coração)

O décimo passo é potencializar o corpo radiante que nos dá uma Esfera de Luz que se estende por todos os lados. É dourada, brilhante e impenetrável. Nenhuma negatividade externa pode penetrá-­la e a negatividade interna é neutralizada por ela. Quando este corpo está desenvolvido, a pessoa projeta harmonia e graça ao seu redor. Entende que a abundância é uma expressão do Infinito e que o nosso desejo de nascimento é viver majestosamente a prosperidade e a felicidade. Esta Luz se projeta na sua própria vida e irradia para o outro. Minha Luz é a sua Luz! Transmite e age com coragem; luta contra os obstáculos, não se dando por vencido. É seu próprio guia. Aprendeu a controlar seu radicalismo. Tem uma presença magnética ganhando o respeito de todos por sua força e determinação.

11-A Totalidade (Direção / Flexibilidade / Liberação)

O décimo primeiro passo é atingirmos um ponto que é a soma de todos os 10 anteriores. Chegamos à integração, ao centro de direção, à completa flexibilidade e adaptabilidade; à capacidade de elevação. É a conquista da Fênix. Renascer das cinzas e se elevar para a Luz, para o Sublime. Sabedoria de como lidar com o jogo da vida e contatar qualquer parte do seu Ser. A conquista do equilíbrio e da fluência dos seus desejos. Levar ao mundo, pelo seu próprio Ser, a certeza da existência da centelha interior.

Fonte: aluzeinvencivel